Vans World Cup - Sunset Beach

November 29, 2017

Sem a participação de Filipe Toledo, Vans World Cup começa neste sábado (25), em Sunset Beach, e define os últimos classificados para a elite mundial.

 

Sunset Beach, uma das joias da Tríplice Coroa Havaiana. Foto: Bruno Lemos / Sony Brasil.

 

Válido pelo QS 10.000 e pela segunda etapa da Tríplice Coroa Havaiana, o Vans World Cup abre a janela de espera neste sábado (25) e vai até o dia 6 de dezembro nas potentes ondas de Sunset Beach, North Shore de Oahu, Havaí.

 

Em jogo estão as últimas vagas para o Championship Tour em 2018, além do cheque de US$ 40 mil destinado ao campeão.

 

Vencedor da abertura da Triple Crown em Haleiwa, o brasileiro Filipe Toledo é o grande desfalque do evento. O Top optou por não participar da prova para concentrar suas energias na última etapa do Championship Tour, que acontece em Pipeline, a partir de 8 de dezembro.

 

Já Gabriel Medina, que ficou de fora em Haleiwa, está de volta ao cenário competitivo. Ele participa do QS em Sunset e depois segue para Pipeline com foco na acirrada briga pelo título mundial.

 

Gabriel Medina participa da etapa já de olho em Pipeline. Foto: WSL / Ed Sloane.

 

O Vans World Cup é um dos títulos mais cobiçados do Circuito Mundial. Os únicos brasileiros a levantar o troféu foram Raoni Monteiro, em 2010, e Fabio Gouveia, em 1991.

 

De cabeça bem mais tranquila estão os catarinenses Tomas Hermes e Willian Cardoso, já garantidos na elite mundial do ano que vem.

 

Eles entram direto no terceiro round junto com os novos parceiros de CT Jessé Mendes e Yago Dora, além dos Tops Caio Ibelli, Ian Gouveia, Adriano de Souza, Miguel Pupo, Wiggolly Dantas, Gabriel Medina, Italo Ferreira e Jadson André.

 

Com a vaga ao CT conquistada pelo norte-americano Griffin Colapinto em Haleiwa, restam apenas mais cinco lugares no Championship Tour em 2018.

 

O brasileiro Italo Ferreira e o norte-americano Kanoa Igarashi estão perto de se manter na elite pelo ranking do QS, caso não se classifiquem entre os 22 melhores da temporada no CT.

 

Michael Rodrigues segue na dura batalha para se classificar à elite mundial em 2018. Foto: © WSL / Heff.

 

Michael Rodrigues, Jadson André, Alejo Muniz e Miguel Pupo também têm boas chances de confirmar vaga pelo QS caso alcancem um bom resultado em Sunset.

 

Entre eles, a melhor situação é do cearense Michael Rodrigues. O surfista atualmente ocupa a 11a posição do ranking e estaria classificado se a temporada terminasse hoje.

 

Michael está escalado no segundo round, mesma situação de Bino Lopes, Flavio Nakagima, Thiago Camarão, Alex Ribeiro, Peterson Crisanto, Deivid Silva e Alejo Muniz.

 

Quem disputa o evento desde o primeiro round são os brasileiros Luel Felipe, Raoni Monteiro, David do Carmo, Hizunomê Bettero, Marco Fernandez, Victor Bernardo, Mateus Herdy, Rafael Teixeira e Lucas Silveira.

 

O Vans World Cup é transmitido ao vivo pelo site da WSL.

Please reload

Notícias em Destaque

KLS Safe Surf - Surf Sem Chave

20 Feb 2019

1/5
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo