Festa Australiana no World Junior

January 10, 2017

Depois de garantir a vaga na elite mundial, Ethan Ewing conquista o título do World Junior Championships em Kiama, Austrália; Macy Callaghan leva a melhor entre as meninas.

 

Ethan Ewing conquista o título do World Junior Championships. Foto: © WSL / Cestari.

 

Os australianos Ethan Ewing e Macy Callaghan ficaram com os títulos do World Junior Championships em Kiama, Austrália.

 

Em condições difíceis de meio metro em Bombo Beach, Ethan coroou sua belíssima temporada vencendo o californiano Griffin Colapinto por 11.34 a apenas 1.97.

 

“É incrível. Vir para este evento como cabeça-de-chave número 1 me deu confiança e as coisas foram acontecendo suavemente desde o início da semana. Foi divertido porque Griffin e eu conversamos sobre as chances de nos encontrarmos na final logo no início da semana, então isso acontecer foi muito legal. Griffin é um ótimo amigo meu, então é especial dividir esse momento com ele”, falou Ethan, que já havia conquistado o título australiano da categoria.

 

Em 2016, o jovem australiano fez uma temporada incrível no QS e terminou o ano como vice-líder do ranking. “Eu nunca planejei que nada disso acontecesse este ano. Eu queria ganhar o título australiano, mas o resto aconteceu de forma inesperada. É uma ótima maneira de começar o ano e não posso esperar para o início do CT”, finalizou Ethan Ewing.

 

Macy Callaghan leva a melhor entre as meninas. Foto: © WSL / Will Hayden-Smith.

 

Griffin Colapinto também falou sobre a decisão em Bombo Beach. "Infelizmente, as ondas sumiram na final, mas estou feliz por ter chegado à decisão", disse Griffin Colapinto. "Eu tive grandes momentos aqui e terminar o campeonato fazendo a final com meu bom amigo foi incrível. Eu gostaria de ter tido mais chances para surfar, mas mesmo assim, saio daqui muito mais animado para competir nos eventos do QS este ano".

 

O brasileiro Mateus Herdy terminou na quinta colocação, depois de ser superado pelo havaiano Cody Young por 12.74 a 11.83. Já Weslley Dantas, que também brigava pelo título, encerrou sua bateria do round 4 na terceira colocação, atrás do aussie Reef Heazlewood (13.50) e do norte-americano Griffin Colapinto (12.33).

 

Entre as mulheres, a grande campeã foi a australiana Macy Callaghan, que na final derrotou a havaiana Mahina Maeda pelo placar de 15.67 a 4.60.

 

"Estou muito feliz. Este é o maior evento que eu participo e ganhar o título mundial é uma coisa incrível", disse Macy Gallaghan. "Eu sabia que a bateria ia ser complicada, porque não tinha muitas ondas, então eu teria que ter atenção para escolher as boas. Quando consegui aquele 8,17, minha confiança só aumentou, porque o mar estava difícil. 2016 foi um ano incrível para mim e começar este ano sendo campeã é quase um sonho. Mal posso esperar pelo que vem pela frente".

 

Já a havaiana Mahina Maeda lamentou o resultado: "Estou muito decepcionada com o meu desempenho hoje (segunda-feira), mas é bom estar aqui no WJC. A final não foi como eu gostaria, mas estou feliz pela Macy (Callaghan), ela tem um futuro brilhante pela frente. Este é o meu último evento Junior, então agora é hora de me concentrar no QS para tentar entrar no CT esse ano". 

 

Mateus Herdy para nas quartas de final em Bombo Beach. Foto: WSL / Smith.

 

Resultados

 

Masculino

 

1 Ethan Ewing (AUS)

2 Griffin Colapinto (EUA)

3 Cody Young (EUA)

3 Finn McGill (HAV)

5 Mateus Herdy (BRA)

5 Jordy Maree (AFR)

5 Reef Heazlewood (AUS)

5 Che Allan (BRB)

9 Marco Mignot (FRA)

9 Harley Ross-Webster (AUS)

9 Weslley Dantas (BRA)

9 Noa Mizuno (HAV)

 

Feminino

 

1 Macy Callaghan (AUS)

2 Mahina Maeda (HAV)

3 Brisa Hennessy (HAV)

3 Ariane Ochoa (ESP)

5 Minori Kawai (JAP)

5 Kobie Enright (AUS)

5 Alyssa Spencer (EUA)

5 Lucy Callister (AUS)

Please reload

Notícias em Destaque

KLS Safe Surf - Surf Sem Chave

20 Feb 2019

1/5
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo