Matt Wilko e Tyler Wright Vencem Quiksilver e Roxy Pro Gold Coast!

March 16, 2016

      Em ondas de meio a 1 metro, o australiano Matt Wilkinson despachou o campeão mundial Adriano de Souza, o favorito e defensor do título da etapa Filipe Toledo, além do finalista Kolohe Andino, sendo campeão do Quiksilver Pro Gold Coast dentro de casa. Essa foi a primeira vitória do australiano de 27 anos em etapas do tour.

 

Nas quartas de final, o aussie enfrentou o brasileiro Adriano de Souza, surfando muito durante toda a bateria, mas conquistando a liderança somente nos segundos finais. Com notas 6.83 e 6.33, Wilko levou a vitória sobre Mineirinho – que, apesar de ter tentado até o último segundo, se viu eliminado.

 

Avançando para as semifinais, Wilko enfrentou o defensor do título da etapa Filipe Toledo. Em bateria difícil e disputada, Filipinho escolheu muito bem as ondas e liderou praticamente a bateria inteira mas, ao aterrizar de um aéreo, acabou se machucando. Mesmo com muita dor, o ubatubense surfou até o final da bateria, com muita garra e sempre na liderança, mas assim como aconteceu com Mineiro, o atual campeão pegou a onda da virada nos últimos minutos. Filipe, com muita dor, precisou sair carregado por seu pai, Ricardinho, e o segurança do evento.

 

Logo ao sair da bateria, Filipe foi atendido por médicos da WSL, e encaminhado a um hospital em Gold Coast. Depois de uma série de exames, evolvendo ressonância e raio-x, ele foi diagnosticado com uma lesão no fêmur esquerdo, e ficará de fora das duas próximas etapas que completam a perna australiana – Bells e Margaret -, voltando para a etapa no Rio de Janeiro, onde defende o seu título. Lembrando que Filipinho tem muita garra e começou o ano mostrando que não está pra brincadeira, com isso, sabemos que ele vai passar bem por essa e vai voltar mais forte do que nunca. Força 77!

 

Na final, a nova vítima do australiano, que estava on fire, foi o californiano Kolohe Andino, que foi dono de uma das notas mais altas do evento. Abrindo a final com muita vontade, o australiano já mandou um belo 8.60, mas o californiano não se deixou intimidar, respondendo com um 6.83, e conquistando a liderança somando mais 4.17 pontos. Com poucas séries entrando, eles passaram grande parte da disputa em ondas pequenas e notas pouco expressivas e, como sempre, na última onda, o goofy australiano esboçou uma reação com uma série de manobras de backside que lhe rendeu a virada, 5.60 pontos. A sirene tocou, e Matt Wilkinson é o campeão do Quiksilver Pro Gold Coast!

 

“Eu quero começar a ficar entre os top 10 da WSL nos próximos anos. Quero ganhar dinheiro, me aposentar, e então sentar no sol e beber cerveja”, disse o australiano, conhecido por seu humor, sobre a primeira vitória no WCT.

 

Já no Roxy Pro Gold Coast, quem levou a melhor foi a caçula de Owen Wright, a surfista Tyler Wright. Em final contra a vice-campeã mundial Courtney Conlogue, a australiana deu um verdadeiro show.

 

A surfista, que já havia derrotado a tri-campeã mundial Carissa Moore, manteve toda a sua tranquilidade na bateria, escolhendo bem as ondas, e já abrindo a disputa com 6.00 e 5.30 pontos. Deixando a californiana em situação bastante complicada, a aussie ainda aumentou o seu somatório com um belo 8.17 seguido por 6.50. Courtney terminou com apenas 5.17 e 5.77 pontos, não se achando no oustside.

 

A atual campeã parece estar focada no título mundial nesse ano, e já entra na próxima etapa vestindo a lycra amarela. “Tudo que aconteceu nos últimos tempos, foi uma experiência muito louca, mas me fez pensar que agora eu quero fazer o meu melhor. Eu quero ser campeã mundial, mas quero fazer isso do meu jeito”, conta Tyler.

 

Além disso, ela agradeceu o Glenn Hall, que após sair do tour no último ano, assumiu a carreira de treinador e foi um dos campeões da noite, já que treina Wilko e Wright.

 

Agora, os surfistas se encontram em Bells Beach, na próxima semana, onde os tricampeões mundiais Mick Fanning e Carissa Moore defendem o seu título.

 

Quiksilver Pro Gold Coast 2016

 

1. Matt Wilkinson (AUS)
2. Kolohe Andino (EUA)
3. Filipe Toledo (BRA)
3. Stuart Kennedy (AUS)
5. Adriano de Souza (BRA)
5. Joel Parkinson (AUS)
5. Adrian Buchan (AUS)
5. John John Florence (HAW)

 

Roxy Pro Gold Coast 2016

 

1. Tyler Wright (AUS)
2. Courney Conlogue (EUA)
3. Carissa Moore (HAW)
3. Johanne Defay (FRA)
5. Stephanie Gilmore (AUS)
5. Malia Manuel (HAW)
5. Sage Erickson (EUA)
5. Tati Weston-Webb (HAW)

 

Fotos: Kirstin Scholtz (WSL)

Please reload

Notícias em Destaque

KLS Safe Surf - Surf Sem Chave

20 Feb 2019

1/5
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivo